sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

de porque eu não acredito em "Feliz ano novo"

(conforme eu prometi aqui, escrevo minhas considerações de "ano novo")
Era para começar bem o ano, foi o que medisseram. "Começar bem o ano"...
.
Xíííí, acho que já era... Não comecei bem o ano...
.
Alias, estou muito "anti" começar bem o ano! Estou meio farto de esperanças vãs de que "esse ano tudo vai mudar" uma vez que eu passei este ano da mesma forma que passei o ano passado e o ano anterior. Já escrevi uma vez em algum lugar: "essas coisas não acontecem de um dia pro outro, acontecem todos os dias!"
.
Queria dizer que para mim mesmo "2009 vai começar amanha", mas não importa! 2009 é uma data, é um número, não significa nada!
.
Declaro Guerra aos deuses sombrios do calendário! Não vou pular ondinha, não vou comer lentilha (droga, eu comi lentilha), não vou arquitetar planos para 2009 que eu já não tivesse em 2008, não vou "começar regime na segunda", nem vou "mudar as coisas em 2009", não vou fazer sequer uma promessa, não vou me propor uma meta sequer, não vou adotar as novas regras gramaticais! Me recuso!
.
"Ano novo, vida nova" que coisa mais mentirosa!
.
Vou mudar as coisas todos os dias, vou viver as coisas e viver as mudanças! Cansei! Nesse novo ano tudo ia mudar e hoje me parece que eu acordei de novo em 2008 aqui em casa! É por que os deuses do calendário (como todos os deuses sombrios), não cumprem promessas! Vou começar agora, num momento em que o relógio esta correndo, já perdi 1 dia de 2009, mas não importa, os anos não me cobram ainda, e, se há um Deus misericordioso, eles nunca vão me cobrar (talvez cobrem meu corpo e da minha vista cansada, mas jamais da minha alma e do meu espirito).
.
... a única coisa que muda de um dia para outro é o calendario. O resto tem que ser mudado a cada dia.
.
Ano novo não existe! Existem dias novos, momentos novos, vidas novas! O calendário não faz tudo novo, o calendário faz tudo igual. Quem faz tudo novo é Deus, e a gente, quando a gente mergulha na novidade e aceita ser feito novo!
.
Paz de Cristo

Um comentário: